reaproveitamento

Meu pé de hibisco amarelo e o colete floral que fiz reaproveitando uma camisa antiga

12:53:00

É primavera! No último dia 22 ela pintou por aqui no Brasil deixando tudo mais colorido. E, no meu outro blog, o Dos olhos para dentro, eu já dei uma dica de um lugar ótimo para visitar nesta época florida. Dá uma passada lá depois para conferir! 

Aqui, eu também vou falar sobre flores. E, dentre as que têm no meu jardim, a minha preferida e a que floresce com mais frequência é o hibisco amarelo. Ao contrário da sua variante vermelha famosa, que ficou conhecida nos últimos anos por seus poderes emagrecedores, este não é usado para chás milagrosos, mas a flor é de uma beleza radiante. Olha só como ele é lindo! 

Hibisco amarelo

Esta foto é recente, exatamente do dia em que começou a primavera. Ele fica ainda mais viçoso nesta época, repleto de flores! Eu gosto tanto deste pé de hibisco que passo um tempinho admirando-o todos os dias e já tirei trocentas fotos dele. Meu Instagram é testemunha, rs.

Hibisco amarelo

De tanto admirá-los, quando decidi transformar uma camisa branca estampada que ganhei em um colete fluido e com a cara do verão, foi impossível não associar as flores em tons de amarelo e coral da estampa aos meus amados hibiscos.

Além da semelhança visual entre as flores reais e as estampadas, o fato de eu estar reaproveitando uma peça antiga, dando uma nova cara para ela, em outras palavras, proporcionando a ela um renascimento, me fez ter vontade de fazer um "ensaio fotográfico caseiro" juntando a natureza, representada pela planta que eu tanto gosto e um exemplo de moda sustentável, com uma roupa reconstruída a partir de outra, que é uma coisa que eu sempre adorei fazer.

Colete floral hibisco amarelo


Infelizmente, eu não tirei fotos de como era a camisa antes. Diversas vezes, a empolgação de colocar logo a mão na massa me faz pular a parte do registro do processo de transformação. E eu sempre me arrependo depois. Mas esta era uma camisa manga curta bem grande e quadradona, e o tecido é um crepe bem leve e fresquinho.


Colete floral hibisco amarelo

Para criar a nova peça, eu recortei a camisa manga curta original, fazendo cavas bem grandes e deixando o comprimento assimétrico, com a parte da frente bem mais curta do que as costas, tipo mullet. Sobrepus à essa base no crepe floral um colete curto de renda com elastano que eu havia comprado há um certo tempo e nunca tinha usado.

Nas costas, ele é totalmente costurado no tecido base e, na cintura, é preso junto ao crepe plissado que eu acrescentei fazendo uma saia sobreposta. Já na frente, este mesmo colete de renda é parcialmente preso, conservando as pontas frontais soltas para serem amarradas e ajustar a peça na cintura.

Look colete floral + hot pants

Aqui eu montei um look básico com o colete sobreposto a uma camiseta branca, combinados a uma hot pants de lavagem clara. Eu adoro shorts jeans com a cintura no lugar. Este eu comprei na CeA no ano passado. Aliás, este tipo de short passou a fazer parte das coleções regulares da rede. Agora sempre tem algum modelo disponível em loja, com várias cores, tecidos e lavagens. Eu acho ótimo! Sou completamente apaixonada por hot pants e ainda farei um post especificamente sobre elas aqui no blog. Inclusive falando sobre as correções que sempre preciso fazer para ajustar as peças ao meu corpo, já que tenho o quadril um pouco grande e a cintura mais fina.

Colete floral Reaproveitamento de tecido

Nesta transformação, eu não cheguei a utilizar todo o tecido das peças originais.
Aqui nesta foto, junto ao colete, estão algumas partes das frentes, de uma manga e um bolso da antiga camisa. Também tem algumas sobras do colete de renda. Esses retalhos ficarão guardadinhos aqui comigo esperando uma nova oportunidade de renascerem em outra(s) peça(s).

Neste momento em que a natureza não aguenta mais nossa forma de produzir e consumir roupas desenfreadamente, a tendência mais importante desta primavera e de todas as estações é uma moda em comunhão com a natureza, uma moda produzida com responsabilidade e com o mínimo de impacto ambiental possível.

Comprar menos, poluir menos, reaproveitar mais. Isso sim é estar na moda.Nosso planeta a cada dia dá mais sinais de que não aguenta mais nossa sede insaciável por novidades. É preciso sair da era das roupas descartáveis e inaugurar um novo tempo, antes que seja tarde demais.

Este post é para celebrar a primavera, com reaproveitamento, flores e comunhão com a natureza. 

Que a estação das flores seja linda para todos nós!


Compartilhe!


Leia também

0 comentários

Comente pelo Facebook

Google +

Blogger