Como conseguir vender no Facebook Marketplace: 5 técnicas testadas!

Como vender no Facebook Marketplace

Tem algum tempo que eu decidi investir numa nova forma de renda extra. Digo nova para mim, mas que, na verdade, é uma maneira de trabalho pela internet que se tornou bastante popular nos últimos anos. Eu passei a vender eletrônicos e móveis online para diferentes empresas.

Neste trabalho, não há vínculo empregatício, eu recebo apenas comissão sobre os produtos que eu vender. E os principais meios de divulgação são a OLX e o Marketplace do Facebook. Eu já cheguei a falar um pouco sobre a dinâmica de venda dentro da OLX neste outro post, mas hoje o meu foco é o Facebook.

Eu confesso que, na verdade, nem sabia que o site vinha sendo tão utilizado com este intuito de comercialização direta de produtos. Porém, tem um tempo que descobri que muitas empresas vêm investindo bastante nele, inclusive como principal canal de vendas.
 
Então, após alguns meses batendo cabeça para conseguir vender na rede social do Zuckerberg, eu comecei a obter alguns resultados por tentativa e erro, fazendo testes, e também seguindo algumas dicas compartilhadas pelos recrutadores das empresas para as quais vendo. E vou compartilhar tudo que venho aprendendo aqui com você!

Isso porque, quando eu comecei a tentar vender pelo Facebook, percebi que, quando se pesquisa no Google: "Como vender no Marketplace do Facebook", encontramos dezenas de artigos ensinando como localizar essa parte do site, como criar o seu primeiro anúncio, como inserir fotos e coisas básicas do tipo. 

Porém, NINGUÉM fala sobre como realmente funciona a dinâmica de venda dentro desse espaço, quais as estratégias mais utilizadas, o que realmente funciona, quais os perrengues que os vendedores passam, etc... 

Por isso, eu decidi escrever este post compartilhando algumas dicas que tenho aplicado para realmente conseguir vender no Facebook. É papo reto, mão na massa, sem encher linguiça. Bora?!

Como vender no Facebook Marketplace
Acessando o Facebook Marketplace pelo desktop.



1) Quanto mais anúncios, melhor!

Uma das primeiras coisas que aprendi quando comecei a anunciar no Marketplace é que: não adianta fazer poucos anúncios, por volta de 3 a 5 somente, e achar que irá alcançar bons resultados. O ideal é fazer pelo menos 20 anúncios diferentes POR DIA. Isso mesmo, tem que fazer muitos anúncios e, de preferência, renová-los diariamente. Apagar tudo e fazer de novo! 

Mas por quê? Porque quando você posta poucos anúncios, a plataforma não entende que você trabalha com divulgação e não dá visibilidade aos mesmos. Quando eu ouvi isso pela primeira vez, achei que era balela. Mas quando comecei a aplicar, as coisas mudaram. 

Enquanto eu postava 5 anúncios e depois ficava de boas aguardando a chuva de vendas, ninguém entrava em contato comigo.  Nem uma alma sequer. Mas quando eu meti as caras e passei a fazer de 15 a 20 anúncios todos os dias, passei a receber diversos contatos de pessoas interessadas nos produtos.

Muita gente considera 20 anúncios por dia pouco e prega que se deve repetir isso 2X por dia, de manhã e à noite. Há outros ainda que dizem que o ideal mesmo é repostar tudo de novo de 2 em 2 horas. Ok, tem muita gente tentando vender pelo Facebook atualmente, assim, você corre um sério risco de que ninguém veja o seu anúncio. Mas, isso para mim já é um pouco demais... Até porque, eu nem tenho tempo para isso, já que a venda no Facebook é somente uma renda extra para mim. 
 


2) Aceite que 90% das pessoas que vão entrar em contato com você não irão comprar!

Antes de ser um marketplace, ou seja, um espaço para compra e venda, o Facebook é uma rede social. E isso quer dizer que, tem muita gente que fica lá navegando pelo feed de produtos só para passar o tempo, de bobeira, ver quais são as novidades... E muitas vezes clicam no botãozinho de mandar mensagem pro vendedor só porque é muito fácil fazer isso, mas elas não estão realmente interessadas em comprar nada. 
Como vender no Messenger do Facebook
Olá, isso ainda está disponível?
Você terá que responder a esta pergunta milhões de vezes...

A imensa maioria das pessoas que vão entrar em contato com você pelo Messenger é de apenas curiosos. Aceite isso. Senão, além de não vender, você vai ficar frustrado e estressado, além de desistir da venda pelo Facebook na primeira semana. 



3) O truque do anúncio grátis é realmente válido?

Uma outra coisa com a qual eu só me deparei no Marketplace do Facebook foi o anúncio com valor zerado ou grátis. Este é um truque de vendas defendido pela imensa maioria dos vendedores da plataforma. Se você já navegou por essa parte do site, com certeza já viu milhares de anúncios assim, sem preço.
Como vender no Facebook Marketplace

Qual a jogada disso? Os defensores da prática alegam que, ao anunciarem sem preço, os possíveis compradores são obrigados a entrar em contato para perguntarem o valor do produto. E essa seria a chance de ouro do vendedor ninja usar seus argumentos para convencê-lo a comprar.

Olha, provavelmente eu não seja a ninja das vendas. Me julgue. Mas o que eu realmente vi na prática quando segui essa tática foi que, anunciar sem preço só te dá mais trabalho. Sem garantia nenhuma de resultados.Você vai ter que ficar respondendo o preço repetidamente, para dezenas de curiosos ,que irão desaparecer logo após ficarem sabendo o valor dos produtos.

Então, eu decidi me poupar disso. Até por disponibilidade de tempo. Passei a anunciar tudo com preço para já peneirar a galera. Só entra em contato comigo quem já sabe do valor e está realmente interessado. Estou achando bem melhor assim. Bem menos estresse e relação contato/venda bem melhor. 

Porém, tem ainda aqueles vendedores que não anunciam com o valor zerado, mas também não colocam o valor real ou total do produto. Por isso, muita gente que entra em contato comigo ainda pergunta o preço só para garantir que não tem pegadinha, que é aquilo mesmo.



4) Afinal, o Marketplace do Facebook é realmente uma boa alternativa de vendas?


Olha, quando eu comecei a anunciar por lá também tinha essa dúvida. Era muita gente chamando no Messenger, perguntando, perguntando... e nada de venda. Mas, com o tempo (entenda-se, no mínimo, uns 2 meses), a coisa começou a fluir. Cada vez mais contatos passaram a virar vendas. 

E, atualmente, posso dizer que, para alguns tipos de produtos, o Facebook tem sido até melhor que a OLX. Tem aparecido mais clientes interessados.Por isso, eu digo que sim, é uma alternativa para vendas muito válida. Agora, eu preciso contar uma última coisa...


5)Para ter bons resultados no Facebook é preciso se dedicar muito

Uma outra característica do Marketplace do Facebook é: para ter bons resultados lá, você precisa se dedicar mais do que faria em outras plataformas. Para realmente ter vendas frequentes vindas do site, você vai ter que ralar muito! Por que?

Por que, se para ter um mínimo de visibilidade, você precisa renovar seus anúncios todos os dias, religiosamente, você já precisa programar um tempinho do seu dia para isso. E não ter preguiça de refazer tudo mesmo. Todo dia!

É meio como se você fosse um camelô que todo dia precisa armar a sua barraca em um outro lugar para poder vender naquele dia. Pelo menos eu me sinto assim. É preciso ser bastante motivado para não largar tudo para lá. É operar com venda online de uma forma totalmente diferente do que com uma loja virtual só sua, montada, com site próprio, etc. Eu que já estive dos dois lados, estranhei muito no início.

Vender pelo Facebook, ou em qualquer outro marketplace, é saber que, você está atuando em terra de terceiros, e desta forma, está sujeito a mudanças nas regras de operação a qualquer momento. Imagina se o Mark decide que, a partir de amanhã, todo mundo que quiser anunciar lá, terá que pagar por isso? Nada o impede, não é mesmo?! Como você ficaria? É sempre bom refletir sobre isso e nunca depositar todos os ovos numa única cesta.

Bom, era isso. Tem muito mais coisa para se falar sobre a venda dentro do Facebook, mas hoje vou parando por aqui que o texto já ficou gigante. Espero que seja útil!

Qualquer dúvida que vocês tenham e queiram me perguntar, é só deixar nos comentários ou enviar por e-mail.

Postar um comentário

0 Comentários