sexta-feira, 11 de janeiro de 2019

Toalhas Removedoras Maquiagem

Após os Discos de Crochê, acaba de chegar à loja Vestimentarte mais uma opção para você cuidar da sua pele de forma sustentável. São as Toalhinhas Removedoras de Maquiagem. As clientes gostam muito dos eco pads de crochê. Eles são um sucesso na loja!

E eu vou continuar fazendo-os, mas eu queria muito oferecer também esta outra opção das toalhas porque entendo que cada pessoa se adapta melhor a um tipo de produto. Ou pode gostar de variar o uso. E eu não os vejo como concorrentes ou excludentes, e sim como complementares. Pois, o mais importante é disseminar uma rotina de beleza mais sustentável.

Você também vai gostar:

Estes novos eco discos, que as clientes também já estão amando, são feitos em tecido atoalhado de microfibra com folha dupla, podendo ser usados dos 2 lados. Eles estão disponíveis em kits de 5 unidades e cada toalhinha tem 9 cm de diâmetro. Atualmente, temos 3 opções de cores para você escolher: rosa claro, verde água e preto.

Toalhas Removedoras Maquiagem
Toalhas Removedoras de Maquiagem na cor rosa.

É importante frisar que estas toalhas não são aquelas que prometem retirar a maquiagem somente com o uso de água morna. É necessário o seu uso conjunto com algum produto demaquilante. Em relação à composição do tecido, ele é feito de microfibras de poliéster. Nossa, poliéster? Sim, mas calma, eu explico.

Toalhas Removedoras Maquiagem
Toalhas Removedoras de Maquiagem na cor Verde Água. Só eu AMO essa cor?

Existe o tecido atoalhado 100% algodão e, quando eu fui comprar pela primeira vez a matéria-prima para fabricar as toalhinhas e o vendedor me perguntou qual opção eu ia querer, algodão ou poliéster, eu respondi de cara: o de algodão, claro.

Mas, quando eu peguei o tecido de algodão para sentir o toque...nossa! Vocês não têm noção de como ele é áspero. Sabe aquela toalha de baixa qualidade que, por alguma razão, você acaba comprando e que nem usando 2 litros de amaciante na lavagem ela fica macia? E quando você usa, parece que ela está te arranhando?

Pois o tecido atoalhado de algodão é exatamente assim. Agora, imagina ficar passando um tecido áspero desse jeito no rosto todos os dias para retirar a maquiagem? Não rola, né?! Por isso, a melhor opção é o tecido atoalhado de poliéster usado nestas toalhinhas, que tem o toque super macio e fofinho.

Toalhas Removedoras Maquiagem
E, por último, as Toalhas Removedoras de Maquiagem na cor Preto.

Os Kits de 5 unidades dos Eco Discos estão à venda na loja por R$27,50 cada. E você pode adquiri-los através dos links abaixo:

Kit 5 Toalhas Removedoras de Maquiagem ROSA

Kit 5 Toalhas Removedoras de Maquiagem VERDE ÁGUA

Kit 5 Toalhas Removedoras de Maquiagem PRETO

Espero que gostem do nosso novo produto.

sexta-feira, 4 de janeiro de 2019

O Superpoder de fazer um pouco todos os dias
Primeira semana de 2019, um ano novinho começando cheio de possibilidades, centenas de páginas em branco à nossa frente esperando para serem preenchidas... Tudo isso é muito inspirador, mas eu sei melhor do que ninguém que a coisa mais fácil do mundo é a gente se perder no meio das milhões de distrações do dia a dia e acabar não conseguindo fazer nada do que a gente planejou no primeiro dia do ano.

Como isso já aconteceu comigo infinitas vezes, eu resolvi escrever este post contando uma dica super simples que eu tenho colocado em prática e que vem me ajudando muito a parar esse círculo vicioso e conseguir dar andamento aos meus projetos.

A dica é tão simples que pode ser que você duvide da eficácia dela assim como eu duvidei no início. Mas acredite: ela funciona! E, se você realmente colocá-la em prática, quando menos esperar, estará atingindo suas metas. A dica é simplesmente fazer um pouco todos os dias.

A gente costuma subestimar o poder que nossos nossos hábitos exercem sobre nós, mas são eles que moldam toda a nossa vida. E um livro que me ajudou muito nesse processo de entender o poder das pequenas ações que realizamos diariamente foi O Poder do Hábito. O livro mostra isso de forma bem clara, além de mostrar o caminho para eliminar hábitos negativos e implementar os que você precisa.

Qual o seu objetivo? Voltar a estudar? Aprender um novo idioma? Começar a malhar? Escrever um blog ou mesmo um livro? E, deixa eu adivinhar, você não tem tempo para se dedicar a esta atividade, certo? Este é o problema de 11 em cada 10 pessoas no planeta atualmente. E, incluída nesta estatística, eu também me debati com esta questão durante anos até me convencer do poder de fazer um pouquinho todos os dias.


Comece aos poucos

Se você quer estudar, mas não tem tempo, comece lendo uma página por dia das matérias que você mais gosta. "Ah, mas nesse ritmo, eu não vou aprender nada, vai demorar muito." Apenas comece. Depois, passe a ler 2 páginas, e assim sucessivamente. Depois, passe a estudar as matérias que você não curte tanto, pois vai ser mais fácil após o hábito instalado.

Se você quer começar a se exercitar, comece fazendo uma caminhada de 10, 15 minutos por dia. "Ah, mas eu não vou emagrecer desse jeito. Não vai fazer a menor diferença." Apenas vá caminhar. Todos os dias. Se for difícil encaixar este momento na rotina, você pode descer do ônibus um ponto antes no seu caminho para o trabalho. Ou dar uma volta no quarteirão na hora do almoço.

Se você quer começar a escrever, seja um blog ou um livro, escreva algo TODOS OS DIAS, sobre qualquer coisa. Mesmo quando você achar que está sem ideia nenhuma, escreva. Nem que seja só um parágrafo, só uma linha. Escreva.

E, em relação a este ponto específico, eu posso falar com propriedade, pois, depois que inseri na minha vida o hábito diário de escrever, eu venho conseguindo resolver o problema que eu tinha de demorar muito para criar posts novos aqui no blog.


Minha experiência

Eu sou uma pessoa muito dispersa, tenho a mente muito agitada e, com isso, quero fazer várias coisas ao mesmo tempo e acabo não terminando nenhuma. Mas, em 2018, eu decidi que não poderia continuar deixando essa característica negativa dominar a minha vida. Então, ao longo do ano, eu vim me esforçando para realmente me comprometer com novos hábitos que eu queria e precisava implementar na minha rotina para realizar as coisas que eu quero.

Entre estes novos hábitos, estava o de escrever todos os dias. E, após meses de muita luta interna, em que muitas vezes eu me sentava e só conseguia escrever um parágrafo ou mesmo uma linha, eu finalmente consegui que ele se tornasse parte natural da minha rotina.

A partir de então, escrever os textos do blog se tornou uma tarefa bem mais fácil. Tanto que eu nem senti que escrevi 6 posts em dezembro, quase não acreditei quando vi no arquivo de publicações. O meu normal sempre foram 4 por mês no máximo, e isso com muito custo.

Após esta humilde primeira vitória, eu sigo trabalhando no desenvolvimento de outros hábitos diários, como meditar por pelo menos 10 minutos, ouvir um áudio curto de Inglês e ler pelo menos uma página de um livro por dia. Este último já está quase estabelecido. Os outros 2 ainda vão me dar um pouquinho mais de trabalho, mas eu também vou conseguir.


É preciso Comprometimento

Quebrar uma meta grande em partes menores que você possa executar diariamente sem alterar significativamente a sua rotina ajuda muito. Mas, isso de nada adiantará se você não se comprometer  a realizar TODOS OS DIAS as tarefas que determinou. Comprometimento é tudo! E, para alcançar seus objetivos, você precisa se comprometer com o seu novo hábito e executá-lo todos os dias, de preferência no mesmo horário. Este detalhe é muito importante para que todo o seu organismo se acostume com a nova rotina e passe a "pedir" naturalmente por ela.


Vá devagar, mas não pare.

Esta questão de implementação de novos hábitos é um assunto muito amplo. E, claro, eu não sou nenhuma especialista. Mas, o que eu queria dizer mesmo com este post, baseada na minha experiência pessoal, é que a mudança é possível. É possível tirar nossos planos do papel mesmo em meio à rotina corrida, mesmo com pouco tempo disponível.

Vá devagar, vá no seu tempo, mas não pare. Não desista, porque quando menos esperar, você terá alcançado a mudança que tanto queria. E, quando isso acontecer, você se sentirá muito orgulhoso de si mesmo e com muito mais confiança para alçar vôos maiores. E, meu amigo, eu te digo por experiência própria que esta sensação vale todo o esforço anterior.

"Mude, mas comece devagar, porque a direção é mais importante que a velocidade." 

Clarice Lispector

domingo, 30 de dezembro de 2018

saquinho crochê dourado lembrancinha

Eu tinha pensado em não fazer um post no estilo reflexão de fim de ano, mas depois eu vi que, se não fizesse, sentiria falta, pois esses dias eu reli os 2 posts deste tipo que fiz nos anos anteriores e gostei de poder relembrar como eu estava pensando na época, quais foram as conquistas do blog a cada ano, se eu alcancei as metas que tinha traçado... Achei legal como um registro anual para mim mesma. Então, vou manter a tradição e fazer o 3° post de fim de ano (Já!) do blog. Veja os posts de Fim de Ano anteriores:

2018 foi um ano difícil de descrever. Aconteceu tanta coisa, tanta coisa mudou... Eu mudei, principalmente. Mas, entre perdas e ganhos, pode-se dizer com certeza que foi um ano positivo. Além das melhorias interiores que alcancei, falando dos objetivos práticos, consegui realizar algumas coisas que queria:

Conquistas Pessoais de 2018

  • Me tornei MEI (Micro Empreendedora Individual);
  • Tirei a minha Carteira Nacional de Artesã (sobre a qual farei um post aqui em breve);
  • As vendas da loja cresceram em relação a 2017;
  • Estou um pouco mais centrada e organizada de forma geral (mas, só um pouco, rs. Temos que melhorar isso).

Metas Pessoais para 2019

Para 2019, para variar, eu tenho uma lista imensa de metas que quero realizar. São tantas que até me perco, rs. Mas, vou listar aqui algumas das principais:
  • Ser mais focada para conseguir realizar e produzir muito mais coisas;
  • Ser mais generosa, olhar mais pro lado bom de tudo;
  • Dobrar os ganhos da loja;
  • Não comprar nem uma peça de roupa em 2019, #pelamordeDeus! Sério, eu não preciso de mais roupas. 
  • E, aliás, vou incluir aqui também a meta de consertar / transformar TODAS as peças que eu tenho paradas no meu quarto. Não posso arrastar isso para 2020. Em breve, farei um post específico sobre essa questão.

Conquistas do Blog em 2018

Agora vamos às conquistas do blog neste ano. Como aconteceu nos anos anteriores, eu não escrevi tanto quanto gostaria. Porém, criei mais alguns posts relevantes pro blog, que vêm ajudando bastante gente e, consequentemente, recebendo muitos acessos. Seguem 2 deles:

Os posts utilitários são os mais acessados do blog. E a meta é aumentar a quantidade deste tipo de texto por aqui em 2019. Não simplesmente porque geram muitas views, o que é importante sim, não vou negar. Mas principalmente porque a sensação de conseguir ajudar alguém com o que eu escrevo é muito boa. 

Este ano eu tive alguns leitores atenciosos que dedicaram alguns minutos de seu tempo escrevendo comentários lindos de agradecimento pelos conteúdos que os ajudaram a resolver algum problema ou tomar alguma decisão de compra. E este tipo de retorno é muito inspirador! É quando você percebe que o que você escreve pode tocar a vida de alguém de alguma forma.

E o número de pessoas que passam por aqui diariamente, mensalmente, só vem crescendo. Em 2018, o blog passou de 4.000 para 7.000 visitantes mensais. Para a maioria dos blogueiros, estes números devem parecer inexpressivos. Mas, para mim, significam muito. 

Considero um verdadeiro privilégio poder escrever somente sobre o que eu quero, da forma que eu quero, quando eu quero, sem seguir as receitinhas padronizadas do marketing digital que imperam atualmente e, ainda assim, fazer o blog crescer, mesmo com quase zero divulgação. As visitas vêm mesmo da busca orgânica no Google.

Outra meta alcançada em 2018 foram os primeiros 100 dólares no Adsense depois de 2 anos de trabalho. Eu ainda não saquei o dinheiro, resolvi deixar juntar 200 dólares, o que agora não está longe. Mas, em breve, farei um post contando como foi o processo até os famosos primeiros US$100, o valor mínimo de pagamento tão sonhado por blogueiros iniciantes.

Metas para o Blog em 2019

Para o próximo ano, eu tenho as seguintes metas pro blog:
  • Publicar 1 post novo toda semana, religiosamente! Eu venho me preparando para isso há alguns meses e, a partir de agora, acho que vai fluir;
  • Seguir melhorando a qualidade do conteúdo;
  • Passar a fazer 100 dólares por mês no Adsense;
  • Conseguir emplacar outros programas de afiliado (Quando eu estava engrenando com a Zanox, eles pararam de trabalhar com pessoa física do nada. Então, voltei do zero agora com a Hotmart e a ActionPay, mas ainda sem resultados)

Bom, uma ação que nem listei nas metas porque vou implementar já nos primeiros dias de 2019 é um novo Instagram pro blog. Quando criei o atual, eu o dividia entre o conteúdo da loja e o do blog, mas depois vi que era melhor não. Então, o deixei só pra loja e passei a postar as coisas do blog apenas na fanpage. Mas estou sentindo a necessidade de ter um insta só pro blog para divulgar melhor o conteúdo. Então, está já é a novidade n°1 de 2019!

No mais, só tenho a dizer que adorei escrever mais um balanço de fim de ano por aqui. 
Meu muito obrigada a você que me lê! 
E Feliz 2019 para todos nós!!

quinta-feira, 27 de dezembro de 2018

Sábado passado eu fiz aquele programinha que eu adoro: comprinhas na Saara + exposições pelos centros culturais do Rio. Tinha tempo que eu não ia a exposições e estava precisando muito espairecer e ver coisas criativas para me inspirar. 

Além disso, tinha uma mostra que eu queria muito ver, A Casa Bordada, que estava rolando no CRAB Sebrae e se encerraria exatamente no sábado dia 22 após ter sido prorrogada. Então, eu pensei: tenho que ir. E tirei o dia para fazer isso. Mas, claro, também dei uma passada na Saara para não perder o costume, rs.

Exposição Casa Bordada CRAB Sebrae
Entrada da exposição.

A Casa Bordada é uma exposição que reúne bordados feitos por artesãos de todo o país. Todos os trabalhos foram feitos sobre tecidos brancos, e estes esticados sobre estruturas de madeira para remeter aos bastidores usados para bordar. O resultado é uma cenografia linda, em formato de casa, onde todas as paredes são cobertas de desenhos coloridos formados pelos mais variados pontos de bordado. Todos feitos à mão.

Exposição Casa Bordada CRAB Sebrae
Uma das paredes bordadas da exposição.

Exposição Casa Bordada CRAB Sebrae
Detalhe do bordado central.


Eu fiquei encantada! Tudo é muito lindo de se ver de perto! A perfeição dos pontos, o esmero do trabalho, a riqueza de cores, as temáticas regionais... E só de saber que tudo foi feito à mão, deixa A Casa com uma energia muito boa. Energia que só o trabalho artesanal emana. ❤

Exposição Casa Bordada CRAB Sebrae
Que riqueza de ponto cheio!
Os bordados foram encomendados especialmente para esse projeto, que foi montado pela 1° vez no A CASA museu do objeto brasileiro, em São Paulo, e desde agosto, ocupa o CRAB (Centro Sebrae de Referência do Artesanato Brasileiro) aqui no Rio.

Lenda Bumba Meu Boi bordado
Olha esse livrinho com a lenda do Bumba-meu-boi bordada e contada à mão.

Livro bordado
O interior do livro.
Você também vai gostar:


O que é o CRAB Sebrae?

O CRAB é uma iniciativa do Sebrae voltada para a valorização do artesanato brasileiro. Além de exposições, o espaço promove cursos, workshops, palestras. E também há uma loja, a Galeria Pop Up, para venda e divulgação do trabalho de diversos artesãos

É uma ideia muito legal e, mais do que isso, muito necessária para a valorização do nosso artesanato ter esse espaço voltado só para ele. Dá autoestima para o setor, que ainda é visto aqui no Brasil como algo inferior às outras artes e pouco profissional, diferente dos outros setores da economia.   

Eu fiquei sabendo da existência do CRAB um pouco antes de ir à Rio Artes Manuais deste ano. Desde então, eu queria muito conhecer pessoalmente o espaço. Gostei muito e pretendo voltar outras vezes para participar de outras atividades.

Bordado Flores Algodão
Olha essas flores de algodão bordadas!! Que perfeição!!

Como parte da exposição, antes de entrarmos na Casa propriamente dita, há uma sala intitulada Memória do Bordado, que é um espaço onde estão expostas peças que remontam à história do bordado, tais como revistas antigas com riscos, a caixinha de costura da vovó, dedais super elaborados que eu nunca tinha visto, ferrinhos de passar antigos... Ou seja, só preciosidades. Eu fiquei hoooras ali dentro devorando cada detalhe! E tirando fotos também, claro.

Objetos de costura e bordado antigos
Olha isso, gente! O ferro, a caixinha de linhas, o galo com alfineteiro... Vontade de trazer para casa.

Dedais antigos
Saca só esses dedais! Coisa de louco! Ah, aquele negócio ali que mais parece um modelador de cabelo,
na verdade, é um ferro de passar aba de chapéu. 

Objetos de costura e bordado antigos
Olha esses agulheiros... E este outro ferrinho que, na verdade, é para guardar coisas. 

Objetos de costura e bordado antigos
Mais coisas fofas.

Cabide antigo
E a exposição era de bordado, mas eu achei Crochê por lá também.
Olha só este cabide antigo, que amor!
Todas as peças desta sala Memória do Bordado fazem parte da coleção pessoal da designer de moda e pesquisadora Nina Sargaço. Na mostra, também há um vídeo onde ela fala sobre o seu trabalho de pesquisa e explica alguns pontos de bordado.

Se você, assim como eu, também é apaixonadx por trabalhos manuais, também mora no Rio ou está passando férias aqui, vale muito a pena conferir esta exposição que, aliás, não acabou no dia 22 de dezembro. 

Quando eu cheguei lá, descobri que ela foi prorrogada mais uma vez e fica em cartaz até janeiro. Só não lembro até que dia, mas não será o mês inteiro. Procurei no site do CRAB, mas não encontrei esta informação. Vale a pena ficar ligado nas redes sociais deles, que são sempre atualizadas. Segue o link da fanpage: facebook.com/CrabSebrae

Bom, espero que tenham gostado do post. Eu não coloquei aqui todas as fotos que tirei, pois seria impossível. Mas espero que eu tenha conseguido passar para vocês o quanto a exposição está bonita, bem montada e o quanto este trabalho de resgate e valorização é importante pro nosso artesanato. 

Me despeço deixando esta última foto deste bordado que é nada menos que um Glossário de Pontos de Bordado ilustrado, ou melhor bordado. E à mão. Um luxo, né?! Sem palavras.

Bordadeiras da Chapada dos Guimarães - NEOM.
Bordado que ilustra os diferentes pontos de bordado existentes.
Trabalho lindo do grupo Bordadeiras da Chapada dos Guimarães - NEOM.

sexta-feira, 21 de dezembro de 2018

Caixa Bijuterias Organização Reaproveitamento

Fim de ano é sempre aquela época em que você corre para tirar as pendências ainda não resolvidas do papel antes que o ano vire, não é?! É também aquele momento em que você para para arrumar a bagunça que reinou o ano inteiro no seu quarto, na sua casa, na sua vida. De quebra, você ainda tenta ficar mais organizado nestes últimos dias como uma forma de se preparar pro ano novo que vai chegar. 

Bom, pelo menos eu sou assim. Paro para refletir, para ver onde eu acertei ou errei. Paro para listar as metas pro próximo ano... E, se tem uma que nunca sai dessa lista é exatamente a promessa de ser mais organizada, rs. No geral, ao longo do ano, eu faço um ou outro avanço pontual. Mas, olhando pelo todo, continuo na bagunça.

Tá, mas o que tudo isso tem a ver com a sua caixinha de bijus? Tem a ver que HÁ ANOS eu digo que vou organizar esta caixa com divisórias e nunca faço! E sempre perco HORAS procurando o brinco que quero usar quando vou sair. Por isso, desta vez, eu decidi que não entro 2019 com essa caixa bagunçada! Questão de honra. rs

Caixa Bijuterias

Esta caixa veio embalando uma blusa que ganhei de presente da loja Extravaganzza há uns anos atrás. A coitada já tá veinha, meio amarelada e precisando de uma nova decoupage na parte externa, na verdade. Mas, por enquanto, eu precisei me ater em resolver meu problema de ordem mais prática que era a sua desorganização interna.

Eu não guardo todas as minhas bijus nesta caixa, somente os brincos. Mas, mesmo assim, na hora de sair, é sempre demorado encontrar o brinco que eu quero. Já tinha um tempo que me havia vindo à cabeça a ideia de organizar esta caixa usando tiras de papelão, por ser uma forma simples e super rápida de colocar qualquer caixa em ordem. E, finalmente, eu a coloquei em prática.



Para fazer as divisórias, eu usei estes pedaços de papelão que faziam parte da embalagem interna de uma caixa de produto eletrônico. Eu quis usar este que já era branco para ajudar na visibilidade, mas as divisórias podem ser feitas com o papelão marrom comum também.

Como ferramentas, eu usei lápis, tesoura, régua e esquadro (este último só porque eu já tenho e me acostumei a usar, mas não é obrigatório). 

Veja também:


Como fazer

Estas divisórias são feitas de forma cruzada, quer dizer, é preciso que elas se cruzem de forma perpendicular (formando um ângulo de 90°) e passando uma por dentro da outra para dar firmeza.


Além disso, outro ponto importante é que as divisórias devem ter exatamente o mesmo comprimento das laterais internas da caixa, nem um milímetro a mais nem a menos, para que elas não fiquem frouxas e "dançando" ali dentro. Neste caso, o comprimento das divisórias ficou em 13,5 cm e, como a caixa é quadrada, eu cortei todas do mesmo tamanho.


Como a minha intenção era dividir a caixa em 6 partes iguais, eu fiz 2 marcações em cada divisória.
Para que as folhas de papelão se encaixem e permaneçam unidas, é preciso cortar um pequeno vão em cada marcação feita. Este vão precisa ser bem estreito, só mesmo o suficiente para a espessura do papelão passar.

Numa parte das divisórias, você faz o vão na parte de cima. E nas demais, você faz na parte de baixo para que elas se abracem. Eu errei no início e fiz um vão muito grande na parte de cima, como se pode ver na foto. Depois eu corrigi, mas mantive o mesmo papelão.

Divisórias Colméias Papelão

Aqui são as divisórias já encaixadas. Fica tipo uma maquete.

Caixa Bijuterias Organização Reaproveitamento

E aqui são elas já dentro da caixa e dividindo-a em 6 partes. Estas divisórias ficaram com a altura de 4,5 cm, o que é propositalmente menor do que a altura da caixa para facilitar na hora de pegar os brincos dentro de cada quadradinho.

Caixa Bijuterias Organização Reaproveitamento

Eu mantive os vãos originais do papelão, como se pode ver nos quadrados do meio, pois não me incomodam e também mostram que o material foi reaproveitado.

Limpando as bijus

Como limpar bijuterias

Para fazer um serviço completo, enquanto eu trabalhava nas divisórias, deixei os brincos de molho neste potinho com água e bastante detergente. Eles estavam pedindo uma limpeza há muito tempo e, como a maioria deles é feita de aço inox não teve problema deixar de molho. 

Depois, eu os limpei um por um, tarracha por tarracha, com uma escovinha de dentes velha. Foi bem mais demorado do que fazer as divisórias. Mas valeu a pena!

Caixa Bijuterias Organização Reaproveitamento

Pronto! Caixinha organizada e brincos brilhando como novos! Agora eu não vou mais perder tempo na hora de sair. Tudo organizadinho e fácil de achar.

Caixa Bijuterias Organização Reaproveitamento

Eu adoro fazer estes trabalhinhos nas coisas de casa. Vocês também? Gostaram desta ideia? 
Já fizeram algo parecido? Contem para mim nos comentários!

quinta-feira, 13 de dezembro de 2018

Já tinha um tempo que eu queria começar a publicar aqui no blog posts com looks de crochê de mulheres famosas. É verdade que já fiz isso algumas vezes, como quando falei dos looks da Érika Januza na época da novela O Outro Lado do Paraíso, quando mostrei peças de crochê usadas pela Sabrina Sato no carnaval deste ano e também quando escrevi sobre os looks de festival da Thaila Ayala e algumas outras famosas neste post aqui.

Mas foram textos pontuais e eu tinha vontade de fazer uma série mesmo, mostrando mais famosas e mais looks periodicamente. Então, eis que, finalmente, nasce o primeiro post neste formato. E, para iniciar a série, ninguém melhor do que ela, que é linda, está sempre usando várias peças maravilhosas de crochê e, além de tudo, está no ar como protagonista da atual novela das 9 O Sétimo Guardião. Sim, ela mesma: Marina Ruy Barbosa!

A atriz é sempre clicada vestindo diferentes peças de crochê nas mais diferentes ocasiões. Da praia ao trabalho, passando por passeios no shopping, ela veste desde biquínis e maiôs a lindos vestidos de festa confeccionados com nossa amada técnica handmade. E a ruiva tem muito bom gosto, viu. Porque são só peças lindas!


Vestido Azul Turquesa / Saída de Praia Sereia

Para começar, eu escolhi este look que, para mim, é o mais lindo de todos! Este vestido / saída de praia a atriz usou na gravação de um comercial para as sandálias Ipanema em 2015.

Vestido Crochê Sereia Turquesa Marina Ruy Barbosa
Foto: Reprodução / Instagram
A cor do vestido, além de fazer um lindo contraste com a cor do cabelo de Marina e o rosa escolhido para as sandálias usadas pela atriz na propaganda, também remete diretamente ao universo das sereias. E o colar com pingente de concha deixou ainda mais explícita esta ideia. Confira mais fotos deste vestido lindo.

Vestido Crochê Sereia Turquesa Marina Ruy Barbosa
Fonte: Pinterest


Vestido Crochê Sereia Turquesa Marina Ruy Barbosa
Confira mais de perto o ponto usado no vestido.
Foto: www.ofuxico.com.br

Veja também:


Biquínis e Maiôs / Bodies

Continuando no clima de praia, vale destacar os biquínis de crochê que a atriz usou no ensaio sensual que fez para a Revista Vip em 2016, quando foi eleita a mulher mais sexy do mundo pela publicação.

Biquíni Crochê Marina Ruy Barbosa Revista Vip
Fotos: Reprodução / Instagram
Este modelo em tecido azul com as bordas em crochê é da grife Giovana Dias que, aliás, é uma das marcas preferidas da atriz. O valor do biquíni na época era de R$620 (informações do site elasnotapetevermelho.com.br)

Biquíni Crochê Marina Ruy Barbosa Revista Vip
Fotos: Reprodução / Instagram
Já este biquíni off white todo em crochê e no modelo cortininha é assinado por Amir Slama. O estilista também criou esse maiô bege que a atriz usou em outras fotos do ensaio. As peças deste modelo foram vendidas por R$1.180 nas lojas da grife (informações do site elasnotapetevermelho.com.br).

Maiô Crochê Marina Ruy Barbosa Revista Vip
Fotos: Reprodução / Instagram

Já este maiô verde usado pela atriz durante uma viagem à Bahia é outra peça da grife Giovana Dias.

Maiô Crochê Marina Ruy Barbosa Giovana Dias
Fotos: www.purepeople.com.br

Saia Branca Assimétrica

Saia Branca Crochê Marina Ruy Barbosa
Fonte: entretenimento.r7.com
Saindo das areias e entrando nos looks do dia a dia da atriz, esta saia de crochê assimétrica foi escolhida por Marina para um passeio no shopping.


Vestido Rosa 

Vestido Rosa Crochê Marina Ruy Barbosa
Fonte: fashionistasdeplantao.com
Este vestido rosa que a atriz usou num evento em Fernando de Noronha no início de 2017 é da grife Bobô e custava cerca de R$2.000 na época.


Vestidos de Tricô

Para finalizar, temos os vestidos da atriz que, na verdade, são de tricô, mas que a imensa maioria dos sites internet afora insiste em dizer que são de crochê. Bom, para quem não tem familiaridade com o universo handmade, realmente, acaba sendo mais difícil diferenciar uma técnica da outra mesmo. Por isso, eu quis trazer estas peças pro post, mesmo elas não sendo de crochê, exatamente para esclarecer a diferença.

Vestido Azul Tricot Marina Ruy Barbosa
Vestido azul lindo! Mas não é crochê.
Fonte: www.purepeople.com.br

Vestido Vinho Galeria Tricot Marina Ruy Barbosa
Foto:elasnotapetevermelho.com.br
Vestido vinho lindo e que também não é de crochê, mas sim de tricô de máquina e é da grife Galeria Tricot, muito usada pela atriz. A ruiva também adora os vestidos longos da marca.

Vestido Longo Galeria Tricot Marina Ruy Barbosa
Fonte: www.purepeople.com.br

Vestido Longo Galeria Tricot Marina Ruy Barbosa
Fonte: Reprodução / Instagram
Vestido Longo Galeria Tricot Marina Ruy Barbosa
Fonte: Pinterest

Está provado que Marina Ruy Barbosa adora looks com o visual romântico e delicado que as peças em tramas vazadas proporcionam, sejam elas feitas à mão ou não. Fato é que a atriz tem muito bom gosto na hora de se vestir e fica linda usando qualquer coisa, não é verdade?!

Espero que tenham gostado do post. E, se você se interessou por alguma das peças de crochê e gostaria de encomendar uma igual, é só mandar um e-mail pro blog solicitando um orçamento: contato@vestimentarte.com.br