Continuar ou desistir do blog?


Ando um pouco sumida aqui do blog, sumida de um jeito que eu não costumo ficar. A vida anda bastante corrida. Trabalho fixo, loja virtual, estudos, vida pessoal... Com tanta coisa acontecendo ao mesmo tempo, não tem sobrado espaço pro blog ultimamente. 

Nos últimos 2 meses, foram inúmeras as vezes em que sentei em frente ao computador tentando dar forma a algum dos textos que estão há tempos nos rascunhos, mas sem sucesso. Falta o tempo para pesquisar os assuntos mais a fundo, escolher imagens, fazer fotos... E, principalmente, falta a cabeça descansada e leve para ser criativa.

Somado a tudo isso, tem o fato do número de visualizações do blog estar caindo significativamente há pouco mais de um mês. Parece que a última atualização do Google está considerando-o muito lento quando acessado via dispositivos móveis. 

De todos os obstáculos que mencionei, este é, sem dúvida, o que mais me desanimou, pois não parece nem um pouco simples de resolver e interrompeu uma curva de crescimento que o blog vinha apresentando desde a sua criação. Estou mudando o formato e tamanho das imagens, retirando alguns elementos supérfluos do layout, etc... Mas não sei se só isso vai solucionar.

Quem visitou o blog nos últimos dias, além da falta de posts novos, pode perceber também que eu fiz umas 3 trocas de template em poucos dias. Há tempos eu estava insatisfeita com o layout antigo, mas, como ele funcionava bem, fui deixando.

Depois deste problema com o Google, resolvi trocar, já que as visitas tinham caído mesmo. Eu estava precisando mudar a decoração da casa para voltar a me animar em morar nela. :) Ainda não sei se o template atual é o definitivo, estou testando. Mas espero que eu me adapte a ele. Porque é muito chato trocar layout.

Agora, no início de 2020, o blog completa 4 anos. E, pela primeira vez neste tempo, eu andei pensando seriamente em desistir dele, parar com tudo. Tenho me questionado se blogar ainda é relevante para mim no meu momento atual. Se vale a pena o sacrifício de encaixar mais uma atividade, e ainda mais tão trabalhosa, dentro de uma rotina já cansativa.

Gosto deste novo questionamento que surgiu dentro de mim em relação ao blog. Vejo como um sinal de que eu estou mudando, amadurecendo. Mas, a verdade é que, pelo menos agora, ainda não consigo me ver sem ele. Não consigo simplesmente deixar para lá, não aparecer mais aqui, e muito menos deletá-lo. Isso nem me passa pela cabeça. Dediquei tanto de mim e do meu tempo a este cantinho...

Por isso, estou tentando descobrir um jeito de aparecer aqui com mais frequência sem que isso se torne um fardo, mais uma obrigação chata. Eu gosto de postar sobre os meus projetos de costura e crochê, gosto de escrever... Gosto de ter blog!

Então, pelo menos por enquanto, diga ao povo que fico!

Postar um comentário

0 Comentários