sexta-feira, 14 de junho de 2019

Como costurar à mão:6 principais pontos,passo a passo e aplicações

Como costurar mão pontos passo a passo

Há um tempo atrás, eu escrevi sobre a importância de resgatarmos o hábito de costurar à mão e passarmos a consertar nossas próprias roupas ao invés de simplesmente descartá-las e comprar novas. Foi um texto bem introspectivo abordando o aspecto sentimental e terapêutico deste ato.

Além de ser um ótimo hobby, costurar à mão é bem democrático, já que não é necessário dominar nenhum aparelho eletrônico, não precisa de eletricidade ou mesmo uma grande habilidade. Bastam suas mãos, agulha e linha.

E, para você que quer começar a costurar à mão e ter autonomia para fazer pequenos reparos nas suas roupas ou da família, eu trouxe este resuminho de como executar os principais pontos, juntamente com exemplos práticos da aplicação de cada um no ajuste de roupas. Vamos lá?

Ponto Chuleio

Ponto Chuleio

Este é o ponto mais comum e também o mais fácil de fazer. Consiste apenas em ir fazendo idas e voltas com a agulha abraçando a borda do tecido. Tem o objetivo de substituir os ponto zig-zag ou  o acabamento em overloque das máquinas e sua função é impedir que o tecido desfie.

Ele também acaba sendo o mais usado por aqueles que não têm tanta intimidade com a costura, pois fecha facilmente qualquer buraquinho ou costura solta, apesar de não oferecer o melhor acabamento nestes casos.

Eu o usei recentemente para remendar os buracos das minhas meias sapatilha desfiadas. Usei fio de overloque ao invés de linha comum, por causa da elasticidade da meia, funcionou super bem. Dá uma olhada!

Ponto Chuleio consertando meia

Ponto de Alinhavo

Ponto Alinhavo

O alinhavo também é bastante usado e igualmente fácil de fazer como o ponto chuleio. Consiste em ir enfiando a agulha por cima e por baixo do tecido, sempre em frente, com espaçamentos longos. Este ponto não proporciona uma costura muito resistente. Por isso, ele pode ser considerado o ponto para "rascunhos", sendo bastante indicado naqueles casos em que você quer ver primeiro como a roupa irá ficar antes de fazer a costura definitiva e mais reforçada.
Ponto Alinhavo Ajuste Roupas

Este é um exemplo de como utilizei o ponto de alinhavo num de meus ajustes recentes. Eu queria transformar esta calça jeans em saia. Então, eu descosturei o meio das pernas dela e, para ver como as partes da frente e das costas ficariam unidas e o quanto eu precisaria ajustar, eu alinhavei. Quando faço isso, normalmente uso só uma perna de linha, como dá para ver ali na foto. É bem um rascunho mesmo.

Ponto Atrás

Ponto Atrás
Ponto Atrás, o mais resistente da costura manual. Na foto, estão sendo unidas 2 folhas de tecido.

Este é o mais resistente dos pontos feitos à mão. Na minha opinião, o único que realmente substitui com maestria a costura à máquina, sem deixar nada a desejar. Tem este nome porque, para fazê-lo, você deve inserir a agulha um pouco à frente e retornar para trás, saindo no meio da largura do ponto anterior. É só ir repetindo este procedimento.

Ponto Atrás
Veja, no ponto de união das 2 folhas de tecido, como a costura fica bem fechadinha.
Eu sou muito fã deste ponto, uso sempre. Principalmente naquelas ocasiões em que estou com preguiça de tirar a tonelada de coisas que eu sempre deixo em cima da máquina, ligá-la, encher carretilha, trocar agulha,...

Nessas horas, acho muio mais prático simplesmente pegar agulha e linha e fazer uma costurinha rápida à mão. Aqui embaixo, trouxe como exemplo uma saia jeans na qual eu dei pences usando o ponto atrás. Fazendo o ponto bem firme, fica muito resistente. Nem parece que foi feito à mão.
Como dar Pence em Jeans à mão
Pences em saia jeans feitas à mão com o ponto atrás.

Você também pode gostar:

Ponto Invisível

Ponto de Bainha Invisível

O ponto invisível, como o próprio nome já diz, tem a finalidade de criar uma costura que não fique visível. É muito usado para a famosa bainha invisível, comum em calças sociais. Considero este o ponto mais chatinho de fazer porque, para que ele realmente fique invisível, você deve pegar somente um ou dois fios do tecido exterior da peça. 

Mais do que isso, a costura aparece do lado de fora. Veja na foto acima que eu pego uma boa largura da borda interna da bainha com a agulha e somente um fiozinho da outra parte. Também não se deve apertar muito, senão mesmo que não apareçam pontos do lado de fora, a costura se tornará visível pelo aspecto franzido e repuxado do tecido.

Ponto de Bainha Invisível

Este ponto exige uma mão bem leve e muita paciência. Mas, vale a pena o esforço. Veja nesta outra foto o lado de fora do tecido sem nenhum sinal da costura interna.

Ponto Cruzado

Ponto Cruzado Bainha
Imagem retirada da revista Figurino - Corte e Costura.
O ponto cruzado ou pé de galinha, como descrito na imagem acima, que retirei de uma revista antiga de costura que eu tenho, é muito usado para fazer bainhas em tecidos mais grossos, onde a delicadeza do ponto invisível não oferece a resistência necessária. Veja nas imagens abaixo como ele fica no tecido.

Ponto Cruzado Bainha
Parte interna de uma bainha em ponto cruzado.

Ponto Cruzado Bainha
Parte externa de bainha em ponto cruzado.

Ponto Caseado

Ponto Caseado
Imagem: agulhadeouroatelie.blogspot.com

Por último, temos o ponto caseado, que é muito usado em para fazer acabamentos decorativos. Seja em bordas de panos de prato ou unindo partes de peças em feltro. Consiste em sempre sair com a agulha por cima da linha, prendendo a laçada anterior.

Como costurar feltro
Imagem: www.escoladefeltro.com.br

Espero que estas dicas sejam úteis para você, te ajudando a dar os primeiros passos na costura à mão. Qualquer dúvida ou sugestão, é só deixar um comentário

Nenhum comentário:

Postar um comentário

Olá! Obrigada pela visita!
Deixe a sua dúvida ou opinião que eu responderei o mais breve possível.
Selecione a opção NOTIFIQUE-ME para ser avisado assim que o seu comentário for respondido.