domingo, 29 de setembro de 2019

Upcycling: Furoshiki Porta-Marmita feito de uma Camisa Social


Eu voltei a trabalhar fora recentemente e, com isso, também voltei a carregar marmita todos os dias. Porque não tá fácil para ninguém e esta é uma maneira de fazer o salário render mais. Mas, além de econômico, levar comida de casa é também um hábito de alimentação saudável, onde a gente consegue ter um controle maior sobre a qualidade do que a gente come.

Por isso, este hábito entra também na listinha de autocuidado. Afinal, como diz aquela velha frase: a gente é o que a gente come. E eu não gosto de carregar a minha comida em qualquer pote. Gosto que ele seja realmente um pote feito para marmita, com divisãozinha interna, fechamento hermético, tudo bonitinho.

Recentemente, o pote que eu usava como marmita estragou. Eu comprei um novo e decidi que faria um porta-marmita para ele. Pensei em fazer uma capa no tamanho específico do pote, mas não achei muito prático, pois ele pode estragar também com o tempo e aí eu perderia a capinha, já que é muito difícil encontrar outro pote exatamente do mesmo tamanho. Depois de pesquisar por inspirações de modelos, cheguei a conclusão de que a melhor opção para mim seria fazer um furoshiki.

Imagem: www.coisasdojapao.com

Para quem não sabe, furoshiki é aquele pano tradicional japonês em formato quadrado e que os orientais usam, há milhares de anos, para embalar ou carregar praticamente tudo. Apenas usando diferentes formas de amarração, é possível fazer sacolas, cestinhos, porta-garrafas, embrulhos para presente, e também porta-marmita, além de muitas outras utilidades.

Há uma diversidade enorme de estampas e padrões de furoshiki, além das versões dupla face, que são lindas e você pode variar usando dos dois lados. Mas, a verdade é que qualquer tecido em formato quadrado pode ser um furoshiki. Eu, por exemplo, fiz o meu reutilizando o tecido de uma camisa  social antiga.

Reaproveitando Camisa Furoshiki marmita xadrez

Eu a comprei na confecção em que trabalhava, ela foi uma piloto descartada e tinha um problema de modelagem na cava que eu pretendia resolver. Mas, a verdade é que ela ficou anos parada dentro do saco de peças para consertar. E eu já não tinha mais vontade de usá-la como roupa. Somado a isso, eu achei o xadrez dela perfeito para um porta-marmita, além de combinar totalmente com o meu novo pote.

Então, decidido isso, eu desmanchei a camisa, recortei o corpo em formas retas e fui emendando até formar dois quadrados. Eu pensei em juntar outro tecido para fazer um furoshiki dupla face, mas depois achei melhor usar todo este xadrez só para isso.

Furoshiki porta marmita tecido xadrez

Este é o furoshiki já pronto, feito com 2 folhas de tecido. O quadrado ficou com 54 cm de largura em cada lado. Dá para ver que foi emendado, mas isso não me incomoda nem um pouco. Pelo contrário, pois eu estou carregando a minha marmita envolvida em um furoshiki ainda mais sustentável por ser feito a partir de uma peça reaproveitada e costurado por mim mesma. Muito amor! ❤

Veja também:


Como dobrar o furoshiki porta-marmita

Usar o furoshiki como porta-marmita é bem fácil, requer um tipo de amarração bem simples. Nas fotos abaixo, eu mostro o passo-a-passo:

Furoshiki porta marmita como dobrar

Primeiro, posicione a sua marmita acima da linha diagonal que divide o quadrado ao meio. 

Furoshiki porta marmita como fazer


Depois, passe a ponta com a parte maior de tecido por cima da marmita e prenda-a embaixo do pote.

Furoshiki porta marmita como fazer

Puxe a outra ponta do tecido, cobrindo a marmita.

Furoshiki porta marmita tecido xadrez

Por último, é só vincar o tecido nas laterais, juntar as duas pontas e fazer um nó no centro da marmita. Aproveitei um pedaço dos retalhos que sobraram da camisa e fiz também um porta-talher. :)

Furoshiki porta marmita tecido xadrez

E o nó ainda serve como alça pro porta-marmita. Lindo, né?! Eu estou amando levar minha comida pro trabalho todos os dias desta forma. Minha marmita se destaca entre as outras lá no job e já tem gente querendo embarcar nesta ideia sustentável junto comigo. 

E você, o que achou? Já conhecia o furoshiki, vai adotar um na sua vida também?

Este mesmo tipo de amarração que mostrei aqui serve também para embrulhar presentes e outros objetos retangulares. Segue no quadro abaixo o passo a passo de outras formas de amarrar o furoshiki. A usada no porta-marmita é a primeira.

Formas amarrar nó furoshiki japonês
Diferentes formas de amarrar o Furoshiki.
Imagem: www.env.go.jp

Nenhum comentário:

Postar um comentário

Olá! Obrigada pela visita!
Deixe a sua dúvida ou opinião que eu responderei o mais breve possível.
Selecione a opção NOTIFIQUE-ME para ser avisado assim que o seu comentário for respondido.