sexta-feira, 28 de junho de 2019

Como ganhei meus primeiros 100 dólares no Google Adsense

Meus Ganhos Google Adsense


Ganhar dinheiro escrevendo sobre o que gosta é o sonho da maioria das pessoas que resolvem ter um blog. Fala-se muito internet afora sobre como é possível viver de blog. O que não faltam são pseudo especialistas no assunto dando dicas "infalíveis" de como ganhar dinheiro na internet. Mas quase ninguém fala como é a realidade da imensa maioria dos blogueiros.

Ganhar dinheiro na internet não é nada fácil. E, se você decide ter um blog com uma pegada mais pessoal, a tarefa se torna mais difícil ainda. Isso porque textos de caráter intimista rendem poucas visualizações, poucos cliques em anúncios e, consequentemente ganhos baixíssimos com programas de afiliados.

Mas, manter um blog ativo dá muito trabalho. São muitas e muitas horas gastas pensando no assunto do próximo post, escrevendo, reescrevendo, tirando fotos, editando... Além disso, é um trabalho muito solitário. Você fala sozinha a maior parte do tempo.

Então, se esta atividade não for algo que tenha um significado pessoal, uma motivação maior do que ganhar dinheiro, não vale a pena. Pelo menos não para mim. Por isso, mesmo sabendo que um blog sobre temas menos "bombados" como o meu não dá muito retorno financeiro, eu prefiro continuar assim.

Cá entre nós, pelo que já vi nestes quase 3 anos de blogosfera, os blogs realmente rentáveis são os que falam sobre como ganhar dinheiro na internet e os que publicam tutoriais para blogueiros. Estes sempre terão tráfego e ganhos garantidos. Já para ganhar dinheiro escrevendo sobre outros assuntos o buraco é beeem mais embaixo.

Como ganhei meus primeiros cem dólares Adsense


Meu histórico de ganhos com o Google Adsense

A forma mais comum e acessível de se ganhar dinheiro com blog é veiculando anúncios do Google. Como já cheguei a contar neste outro post, eu me inscrevi no Adsense com poucos meses de blog, e logo fui aprovada. Mas, começar a veicular anúncios é somente o primeiro passo. Para efetivamente ganhar algo significativo com isso leva tempo, é preciso constância e perseverança.

Em agosto do ano passado, eu finalmente cheguei aos primeiros 100 dólares de ganhos com o Google Adsense. Exatamente no mesmo mês em que o blog completou 2 anos. Sim, eu demorei 2 anos para conseguir atingir o limite de saque.

Nossa, mas é muito tempo! Sim, foi uma longa caminhada... É aquilo que eu disse, se eu falasse sobre temas mais bombados, teria levado muito menos tempo. Mas eu escolhi, em primeiro lugar, escrever somente sobre o que eu gosto e no meu ritmo. Não publico com muita frequência.

Nos primeiros meses após inserir os anúncios, era difícil eu conseguir chegar a 1 dólar por mês (!). Mas, com o tempo, com o número cada vez maior de posts publicados e, consequentemente, um maior número de visitas, os ganhos foram aumentando gradualmente. Porém, ainda assim, de forma bem tímida.

Aos poucos, passei a ganhar por volta de 3 dólares por mês, depois passou para mais ou menos 6. Aí, passei algum tempo nessa faixa. Mais tarde, passou para uns 9 dólares mensais. Fiquei um tempinho  nessa quantia também. Às vezes ganhava mais, às vezes menos. E, atualmente, estou oscilando na faixa de 10 a 20 dólares por mês.

Pouco ainda? Com certeza. Mas, para quem mal ganhava 1 dólar por mês, já foi um avanço. Minha meta é chegar aos 50 dólares por mês até o fim do ano. E, depois, claro, passar a atingir o limite de saque de 100 dólares todos os meses.


Meu primeiro pagamento 

Apesar de ter atingido o saldo mínimo em agosto do ano passado, somente agora no mês passado eu fiz o meu primeiro saque. Isso porque o dinheiro do Adsense é somente uma renda extra para mim. Como na época em que estava próximo de atingir o limite eu estava meio enrolada com outras coisas, eu optei por deixar juntar 200 dólares, aumentando o meu limite de saque.

Mas, se os primeiros 100 dólares demoraram 2 anos para chegar, a segunda centena já levou menos tempo: exatos 9 meses completados em maio. No mês seguinte, junho, o Google enviou o pagamento pra minha conta. Exatamente US$ 210,57. Foi emocionante, rsrs.

E-mail Pagamento Google Adsense



Como recebi o pagamento: Remessa Online

Eu optei por receber pelo Remessa Online, que tem uma taxa bem baixa. A maioria dos blogueiros ainda prefere receber pelo Banco Rendimento, que é mais antigo neste tipo de transação internacional aqui no Brasil. Mas, apesar da insegurança gerada pelo primeiro pagamento, eu decidi arriscar e apostar no Remessa.

Afinal, depois de demorar tanto tempo para juntar o dinheiro, eu não iria dar US$20 de bandeja pro Rendimento, né?! E deu tudo certo, viu. Em 2 dias, já estava com a quantia convertida em reais na minha conta no Itaú. Sem nenhuma dor de cabeça. Se você quiser usar o Remessa Online para receber do Adsense, segue o meu cupom promocional para você pagar ainda menos no spread: TD1162

Pagamento Google Adsense Remessa Online

Dicas sobre os Blocos de Anúncios

Se você leu até aqui, já entendeu que eu estou longe de ser um exemplo de como ganhar dinheiro com blog, rs. Mas, mesmo assim, me atrevo a deixar aqui algumas dicas de uma pessoa real, que resolveu ter um blog para escrever somente sobre o que gosta, da forma que gosta e passou a ganhar alguns trocados com isso.

Eu praticamente não divulgo o blog, pois não tenho muito tempo para isso. Redes sociais já larguei há muito tempo. Só publico de vez em quando no Pinterest, mas meus posts raramente viralizam por lá. Então, 99% das visitas deste blog vêm da busca orgânica do Google sem que eu faça nada além de escrever aqui. Consequentemente, os cliques nos anúncios vêm destes visitantes espontâneos. 

Veja também:

Quais Blocos de Anúncios me dão mais resultados

Eu não uso muitos blocos de anúncios, mas sempre gostei de ter um no topo e outro no rodapé dos textos. O do topo é, de longe, o que mais dá retorno no blog. Também gosto do bloco de conteúdo correspondente, aquele que tem links de propagandas misturadas com artigos do blog e que coloco também após o final dos textos. Os ganhos com ele não são muitos, mas acho legal pro engajamento.

Já usei durante muito tempo também blocos de links, que são aqueles anúncios tipo classificados, em que o clique inicial não é contabilizado, mas somente o segundo clique já na página do anunciante. De início, eu achava bom este formato, mas depois percebi que o retorno não era tão legal assim. Então, tirei.

O bloco InArticle eu uso somente em alguns posts mais acessados, no meio do texto. Mas os ganhos são baixos também. E, recentemente, me rendi aos anúncios automáticos que, de início, eu não gostava, achava que enchia o blog de propagandas. Mas, após alguns ajustes que fiz na configuração deles, estou gostando bastante do retorno. Fez diferença nos ganhos, sim. Recomendo.

Como uma humilde blogueira de moda e artesanato, que vem aumentando os ganhos com o blog em ritmo de formiguinha, eu recomendaria a quem vai começar agora com o Adsense ou para quem já usa, mas está ganhando muito pouco (entenda muito pouco como menos do que eu, rs) usar diferentes formatos de anúncios ao mesmo tempo. 

Claro que não precisa ser todos os tipos disponíveis. Mas variar te ajuda a entender qual funciona melhor no seu blog e quais vale a pena deixar ou não. Atente-se também para a posição dos mesmos. Como eu falei mais acima, meus blocos com melhores ganhos são os mais próximos dos posts.

Bom, era isso. Espero que o meu simples, porém, sincero relato sobre a minha experiência de quase 3 anos com o Adsense seja útil para mostrar a realidade do que são os ganhos financeiros de uma blogueira comum, sem milhões de seguidores e que escreve, acima de tudo, por amor. 

E que este relato não te desanime, mas te motive a prosseguir. Vamos juntos, devagar e sempre!

Nenhum comentário:

Postar um comentário

Olá! Obrigada pela visita!
Deixe a sua dúvida ou opinião que eu responderei o mais breve possível.
Selecione a opção NOTIFIQUE-ME para ser avisado assim que o seu comentário for respondido.