sexta-feira, 22 de março de 2019

Enjoei, ML ou OLX: Qual o melhor site para vender Roupas Usadas?

melhor site venda artigos usados

Há algum tempo, eu venho tentando readequar meu guarda-roupa para deixá-lo mais condizente com a pessoa que eu sou atualmente e com a minha nova rotina. Inclusive, tenho falado bastante aqui no blog sobre as customizações e consertos que tenho feito em algumas das minhas roupas.

Mas, mesmo para quem sabe (e gosta muito de) costurar e customizar as próprias roupas como eu, às vezes, a melhor solução é mesmo desapegar. Por isso, há cerca de 2 anos atrás, eu resolvi recorrer a sites de compra e venda de artigos usados para tentar passar pra frente as peças que eu não quero mais.

Passado este tempo, eu decidi fazer este post para contar como tem sido a minha experiência vendendo roupas e acessórios usados nos principais sites brasileiros especializados nisso: Mercado Livre, Enjoei e OLX. Desde já, gostaria de frisar que trata-se da minha opinião, baseada na experiência que venho tendo. 


Enjoei

enjoei site venda artigos usados
Vou começar pelo Enjoei, que tem sido o mais badalado nos últimos anos. É inegável que ele é o que tem maior apelo fashion entre os três e faz um trabalho pesado de marketing. Mas, claro que isso tudo tem um preço, e as tarifas do Enjoei também são as mais altas de todas.

Por isso, mesmo com a linguagem descolada e a quantidade enorme de usuários na plataforma, fica difícil engolir as taxas altíssimas cobradas para anunciar lá. O site fez várias mudanças nas suas políticas recentemente, mas que, como de costume, visam facilitar mais a vida dos compradores do que a de quem vende. 

Ao invés das taxas fixas de 20% sobre o preço do produto + os R$2,15 do anúncio como era antigamente, agora, as tarifas variam de acordo com o preço do produto, conforme a nova tabela de tarifas do site, que segue no print abaixo:

Tarifas para anunciar no Enjoei.Fonte: www.enjoei.com.br

Ou seja, se você quiser vender um produto por R$50, por exemplo, serão descontados R$16,15 da sua venda (a comissão de 18,5%, a tarifa fixa de R$1,90 e os R$5 de participação no custo do frete, seguindo as novas políticas do site). Sobram 33,85 para você.

Para sacar este valor pra sua conta bancária, como ele é inferior a R$200, também é cobrada uma taxa de R$1,50. No final, restam R$32,35 líquidos. É uma diferença muito grande.

Mas é melhor sacar logo, viu. Porque também paga para deixar o dinheiro lá esperando novas vendas. São R$9,99 mensais para contas sem movimentação há mais de 6 meses. Ao contrário do que eles dizem, só vejo desvantagens...

Além das tarifas da transação em si, depois que eles criaram a opção de promover os "enjôos", como eles se referem aos produtos, ficou bem mais difícil ter visibilidade dentro do site, e assim vender mais rápido, sem pagar (ainda mais) por isso.

E se você acha que só o site te tira dinheiro lá dentro, está enganado. A imensa maioria dos compradores sempre tenta pagar menos fazendo as famosas ofertas, oferecendo menos do que o valor que você anunciou pelo produto.

Aí, todo mundo que escolhe continuar vendendo no site apesar de tudo acaba jogando o preço lá no alto para conseguir ter algum lucro após tantos descontos.

Além disso, o público do site é muito ligado em marca. Aliás, este é o foco do Enjoei em si. Então, vender peças comuns, sem ser de grife (como é o meu caso) se torna bem mais difícil. 

Até hoje, após mais de dois anos de lojinha, eu vendi somente uma peça. A única que era de marca. E retirei a maioria dos meus produtos de lá. Atualmente, tenho só dois cadastrados. 


Mercado Livre

enjoei site venda artigos usados
O ML é o site onde eu realizei o maior número de vendas de artigos usados até hoje. E o uso também para vender alguns dos produtos da minha loja virtual de artesanato. Mas ele já foi um lugar mais atrativo para se vender. Atualmente, com as frequentes alterações nas políticas e aumento de taxas, não é mais tão interessante.

Ainda há a opção de anunciar grátis tendo baixa exposição nas buscas. Para ter destaque, é preciso optar pelas versões de anúncio Clássico ou Premium. Segue no print abaixo as características e tarifas de cada um:

Tarifas para anunciar no Mercado Livre.
Fonte: www.mercadolivre.com.br
Apesar deles prometerem uma exposição alta no anúncio Clássico, na minha experiência com o site, não vejo nenhuma diferença na quantidade de visualizações e contatos desta opção em relação ao anúncio Grátis. Sempre tive os mesmos resultados em ambos. Quanto ao anúncio Premium, não tenho como opinar, pois nunca utilizei.

Mas, mesmo vendo na prática que os anúncios Grátis e Clássico dão na mesma, atualmente, eu sou obrigada a usar a versão paga se quiser continuar anunciando por lá. Isso porque eu ultrapassei as quantidades máximas de venda, tanto de produtos novos quanto usados, conforme as regras do site que constam no print abaixo:  

Tarifas para anunciar no Mercado Livre.
Fonte: www.mercadolivre.com.br
Então, atualmente, vender artigos usados no Mercado Livre não tem sido tão vantajoso para mim quanto era antes. Mas, mesmo sem poder fugir das tarifas, ele é um site no qual eu ainda estou apostando para vender roupas e acessórios usados. Dos produtos novos da minha loja, só mantive alguns que têm uma grande procura e a margem de lucro maior.


OLX

enjoei site venda artigos usados
O terceiro e último site da lista é também o mais movimentado. Pelo menos no meu caso, a OLX sempre foi o lugar onde surge o maior número de contatos em comparação com os outros dois. Aliás, às vezes contatos até demais, rs. De vez em quando aparece algum engraçadinho no chat "confundindo" os apps e achando que ali é Tinder. Ninguém merece... Mas são minoria. Ainda bem.

Assim como no Mercado Livre, na OLX também existe a opção de anunciar gratuitamente ou pagando algum nível de destaque no site. Eu sempre escolho o anuncio grátis, e recebo contatos mesmo assim. Porém, existe um limite de anúncios gratuitos por categoria. Acesse a lista completa aqui.

É importante destacar que a OLX é somente um serviço de classificados e não oferece serviço de pagamento e envio. Então, não tem como finalizar a venda por lá. Por isso, após o primeiro contato e a venda acordada, eu sempre direciono o comprador pro Mercado Livre. 

Conclusão:

E esta é a combinação que tem funcionado melhor para mim quando se trata de vender roupas e acessórios usados: o combo OLX + ML. Um bom retorno com a melhor relação custo x benefício. 

Espero que o artigo tenha sido útil. Se você tem alguma dúvida ou já teve alguma experiência diferente com algum dos sites citados aqui, deixe o seu relato nos comentários.

E, para você, que busca se especializar em vendas dentro de marketplaces como o Mercado Livre, eu deixo como recomendação o curso Como vender produtos nos Marketplaces, que oferece um conteúdo completo e aprofundado sobre o assunto.

2 comentários:

  1. Concordo plenamente com as suas colocações sobre o Enjoei. Desanima bastante quando você percebe o quanto consegue com a venda!
    Vou testar as outras opções!
    Muito obrigada pelo resumão!
    Beijo, Fabiana!

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Num é?! As taxas são muito absurdas. Testa sim, eu achei que vale bem mais a pena usar ML e OLX. Fico feliz que o post tenha sido útil! Beijo

      Excluir

Olá! Obrigada pela visita!
Deixe a sua dúvida ou opinião que eu responderei o mais breve possível.
Selecione a opção NOTIFIQUE-ME para ser avisado assim que o seu comentário for respondido.