sexta-feira, 15 de março de 2019

Dica para Cabelos Oleosos: Shampoo Phytoervas Gengibre [Resenha]


Eu já trouxe aqui pro blog algumas dicas de produtos para o tratamento da pele oleosa. Não sei se é uma regra, mas, no meu caso, além da pele do rosto, eu também tenho o couro cabeludo oleoso. Por isso, assim como uso sabonetes específicos para lavar o rosto, também não posso usar qualquer shampoo nos cabelos.

Já faz alguns anos (sim, anos) que eu encontrei um que vem atendendo razoavelmente às minhas necessidades: é o Shampoo Phytoervas Gengibre Controle de Oleosidade. E é sobre ele que eu vou falar hoje. 


Meu histórico de Oleosidade

Desde a infância, a escolha do shampoo sempre foi uma das decisões mais importantes da vida (rs), porque eu sempre tive dermatite seborréica, ou a popular seborréia. Mas, diferentemente da caspa, que é mais seca e forma aquele pózinho branco que solta da cabeça ao pentear o cabelo, deixando os ombros brancos, a seborréia é exatamente um sebo mesmo, como o nome sugere, que vai se formando sobre o couro cabeludo, gerando muita oleosidade.

No meu caso, esta oleosidade fica concentrada no couro cabeludo, não passa para os cabelos, que têm tendência ao ressecamento, pois são crespos. Este tipo de cabelo é naturalmente seco por causa do formato dos fios em espiral, que dificulta que a oleosidade natural chegue até às pontas. 

Por isso, eu sempre me vi às voltas com o dilema: ou mantenho o couro cabeludo limpo ou o cabelo hidratado. As duas coisas pareciam incompatíveis. Quando eu comprava um shampoo com um alto poder de limpeza, normalmente, ele detonava o fios. Se escolhia um mais suave, ele não limpava tão bem o couro...


Ao longo dos anos, já usei vários e vários shampoos diferentes que prometiam eliminar a oleosidade dos cabelos. Mas, o que funcionou melhor para mim até hoje é este Shampoo de Gengibre da Phytoervas. Isso porque ele é o único que eu encontrei que promove uma limpeza bastante eficiente do couro sem deixar os fios ressecados.

Pela primeira vez, eu não preciso escolher entre limpeza e hidratação, Estou conseguindo ter os dois. Eu lavo o cabelo 2X por semana e, a cada lavagem, eu sempre aplico o shampoo 2X e esfrego bastante o couro para limpar bem. Mesmo assim, os fios não ficam ressecados.

Além de eficiente, este shampoo também tem um ótimo custo X benefício porque rende bastante. Não é preciso aplicar uma grande quantidade para que ele faça bastante espuma. Com esta frequência de lavagem, os 250 ml da embalagem chegam a durar mais de 6 meses!

Por isso, apesar do preço um pouco alto (o frasco custa por volta de R$20) é um investimento que vale a pena. Você pode comprá-lo online no site da Droga Raia, por exemplo.


O shampoo é transparente, tem um cheirinho bem refrescante e agradável, e uma consistência levemente encorpada. Além disso, não contém sal, sulfato, corantes ou parabenos. Ou seja, o uso é livre para quem é adepto da técnica do low-poo.

Eu estou usando o Phytoervas Gengibre já há uns 4 anos, pelo menos. E pretendo continuar ainda por muito tempo até que eu encontre alguma solução melhor para mim. Sei que fala-se muito naquela "regra" de ter que trocar de shampoo periodicamente, senão o cabelo acostuma, e tal... Mas eu não posso me dar a esse luxo, porque é muito difícil eu encontrar um shampoo que funcione para mim.

Ele resolveu totalmente o meu problema? Não. Mas preciso frisar que eu não tenho uma oleosidade leve, comum. O meu caso é um pouco mais sério, trata-se de seborréia, e crônica. É uma característica genética que herdei do meu pai.

Quando eu era mais nova, cheguei a ir a vários dermatologistas para tentar resolver o meu problema, sem sucesso. Depois de muitas tentativas, eu desisti dos consultórios e passei a procurar soluções por conta própria.

E este foi o shampoo que chegou o mais próximo de um equilíbrio para mim. Eu ainda tenho seborréia de vez em quando e, provavelmente, sempre terei.  Até porque, após mais de 30 anos de convivência comigo mesma e muita auto-observação, eu cheguei à conclusão de que há também um forte componente emocional nisso tudo. 

Ou seja, é um problema crônico e complexo, mas que, com este shampoo, eu consigo manter minimamente controlado. Por isso, eu o recomendo muito para quem sofre com a oleosidade.


INFORMAÇÕES DO RÓTULO DO PRODUTO:
O Shampoo Phytoervas Controle de Oleosidade possui em sua formulação ingredientes naturais como gengibre, sálvia, menta e alecrim, que ajudam a controlar a oleosidade, deixando os fios macios e fáceis de pentear. Fórmula livre de ingredientes de origem animal. Produto não testado em animais. Sem sal, sem sulfato, sem corantes e sem parabenos.


Você já usou este shampoo? Qual a sua experiência com ele? Ou conhece algum outro shampoo eficaz para este problema? Por favor, deixe a sua dica nos comentários.

2 comentários:

  1. Oie! Você usa o condicionador da mesma linha?

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Oi! Não, somente o shampoo. Até hoje não consegui me adaptar ao uso de condicionador, prefiro usar apenas máscara de tratamento após o shampoo.

      Excluir

Olá! Obrigada pela visita!
Deixe a sua dúvida ou opinião que eu responderei o mais breve possível.
Selecione a opção NOTIFIQUE-ME para ser avisado assim que o seu comentário for respondido.